Sensor de umidade PCE-MWM 300P

Referência: PCE-MWM 300P
4.250,00 €
5.142,50 €
4250348716156
PCE-MWM 300P
Preço sem IVA e sem frete (8,00 € + IVA)
Não destrutivo
Interno
Não
Ethernet, 4-20 mA
Prazo de entrega: 15-20 Días

Sensor de umidade por microondas /
Medição de umidade contínua em granulados de madeira, aparas (instalação variável)

Na fabricação industrial de chapas de madeira (MDF, PB, OSB) ou granulados de madeira, a medição de umidade e densidade em linha é de fundamental importância, porque permite que os processos de produção sejam executados com a maior eficiência possível, o consumo de energia é mantido baixo e as perdas de matéria-prima são minimizadas. 

O uso de um sensor de umidade por microondas fornece uma qualidade muito alta e regular na fabricação, além de uma redução nos custos de operação e manutenção (em comparação com os medidores de umidade convencionais). Ao conectar o sensor de microondas a um regulador ou sistema de processos, o usuário pode reagir imediatamente ao ler valores de medição em tempo real.

 
Sensor de umidade

Isso significa que o "Downtime" (tempo de inatividade) é reduzido, por exemplo, nos processos de prensagem ou secagem. A perda de material também é reduzida. Tudo isso contribui na redução do tempo de amortização do sensor de microondas para granulados de madeira e chapas de madeira em poucas semanas.

O sensor de umidade por microondas pode ser usado na medição em linha de umidade em muitos processos de produção: refino de madeira, tratamento de resina, prensagem, drenagem e secagem. O sensor de umidade por microondas é especialmente preciso na medição da umidade de aparas de madeira ou serragens, desde que a matéria-prima  tenha sido seca e misturada homogeneamente (evitando "ninhos de umidade" na mistura do processamento de matérias-primas).

Quanto mais preciso for a medição de umidade em linha do processamento de madeira, mais homogêneo será a fabricação final (chapas MDF / OSB). Tenha em consideração que o processo de secagem (controle de secagem) é muito caro. É nesta parte do processo onde tem o maior potencial de economia. Secar muito implica, além de desperdiçar energia, uma deterioração da qualidade do material da fibra.

Campos de uso (fabricação): Chapas de fibra (PB, MDF, OSB), serragens, aparas, chapas de madeira, granulados de madeira. O uso de um sensor de umidade por microondas também é apto e eficaz para o controle do suprimento de granulados de madeira em instalações de combustão.


Especificações técnicas  
Faixa 0 ... 100 %
Erro máximo permitido (absoluto) Δ= 0,035 +0,05·W
Medição de temperatura -40 ... +150 °C
Temperatura operacional -20 ... +80 °C
Modo de trabalho Funcionamento contínuo
Intervalo de medição 0,2 segundos
Alimentação 24 (18 ... 36) V DC
Potência absorvida 200 mA
Tempo de aquecimento
(Inicialização)
90 minutos
Saídas RS-485, Modbus RTU, 4-20 mA
 - Saída RS-485: comprimento máx. do cabo: 1000 m;
 - Saída 4-20 mA: comprimento máx. do cabo: 100 m
(comprimento máx. do cabo até o SPS)
Entradas 2 digital 24 V ºDC
Dimensões (Sensor) Ø 108 х 120 mm
Dimensões (unidade eletrônica) 255 х 170 x 60 mm
Tipo de proteção (Sensor) IP67
Tipo de proteção (unidade eletrônica) IP54
Peso (Sensor) 3,5 kg
Um sensor de temperatura integrado mede continuamente a temperatura (os valores de medição são indicados. Eles são usados internamente para a compensação de temperatura).

Conteúdo da remessa
1 x Sensor de uimidade absoluta